Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube     Siga-nos por RSS
 
Premiada a exploração dos trabalhadores do Centro de Atendimento da Fidelidade
28 Jul 2022
Premiada a exploração dos trabalhadores do Centro de Atendimento da Fidelidade
Premiada a exploração dos trabalhadores do Centro de Atendimento da Fidelidade

A FIDELIDADE orgulha-se por ser a maior e melhor seguradora no mercado nacional.

Distinguida por variadíssimas ocasiões nas mais diferentes áreas, incluindo na gestão de pessoas, entenda-se, trabalhadores, chegou agora a vez de ser distinguida a empresa de outsourcing escolhida pela FIDELIDADE para esconder a verdadeira relação de trabalho entre os trabalhadores do Centro de Atendimento e a FIDELIDADE, e assim pagar salários cerca de 50% mais baixos do que aqueles que são garantidos aos seus trabalhadores directos.

Evidenciado um sentimento de glória pelo trabalho realizado, dois trabalhadores da FIDELIDADE afirmam “infelizmente temos vindo a assistir a uma rotatividade cada vez maior (…). Temos de estar mais em cima da operação, porque menos pessoas não significa menos contactos dos nossos clientes. Menos pessoas implica maior carga nos comunicadores”.

O modo cruel como se justifica a boa prestação da empresa de outsourcing ao serviço da FIDELIDADE, “maior carga nos comunicadores”, o que leva ao cumprimento do serviço contratado: atender 80% dos clientes em menos de 30 segundos e com um tempo médio de atendimento de 3 minutos, é em si mesmo um acto desumano. 

Vemos, ouvimos e lemos. Não podemos ignorar! 

Os trabalhadores do Centro de Atendimento da FIDELIDADE são explorados no trabalho e sujeitos a problemas de saúde graves, nomeadamente auditivos e psicológicos provocados pela pressão que lhes é exercida. Confrontada com esta situação, a empresa rejeita a adequação dos exames de medicina do trabalho à realidade vivida por estes trabalhadores, assim como tem vindo sistematicamente a recusar a aplicação da contratação colectiva da actividade seguradora, apesar do Tribunal da Relação do Porto ter decidido que estes trabalhadores são trabalhadores da actividade seguradora. 

Este é um prémio alicerçado em baixos salários e à custa da degradação da saúde dos trabalhadores.

Vale tudo? 

O SINAPSA considera que não. Por isso exigimos e tudo faremos para que os trabalhadores do Centro de Atendimento da FIDELIDADE sejam tratados com a mesma dignidade dos restantes trabalhadores da FIDELIDADE.
 

PREMIADA A EXPLORAÇÃO DOS TRABALHADORES  DO CENTRO DE ATENDIMENTO DA FIDELIDADE

PREMIADA A EXPLORAÇÃO DOS TRABALHADORES  DO CENTRO DE ATENDIMENTO DA FIDELIDADE

 
 
PROTOCOLOS
GUIAS PRÁTICOS
Porto
Rua Breiner, 259, 1º
4050-126 Porto
T + 351 222 076 620
M + 351 918 036 117
geral@sinapsa.pt
Lisboa
Rua Cidade de Liverpool, 16 C R/C Dto
1170-097 Lisboa
T + 351 218 861 024
M + 351 917 562 454
lisboa@sinapsa.pt
Descarregue a nossa APP
App Store
Google Play
Newsletter

Copyright SINAPSA | 2020 | Sindicato Nacional dos Profissionais de Seguros e Afins | Desenvolvido por Portugal Interactivo